O abuso de substância se dá quando consumimos alguma droga em excesso. Este excesso acontece devido a ativação do “sistema de recompensa”, que libera substâncias em nosso cérebro responsáveis pelas sensações de prazer. Ao utilizar uma droga, o Sistema de Recompensa é ativado e produz as sensações de prazer muito mais rápido do que em situações comuns, como a sensação de tirar uma nota boa na escola ou encontrar alguém que você gosta.

O Transtorno do Uso Abusivo de Substâncias pode ser caracterizado por: baixo controle do uso da substância, prejuízo no âmbito social e a tolerância/abstinência à substância.

Em um estudo de caso realizado com um paciente com vício em THC, MDMA, Ecstasy e cocaína, foi possível observar a eficácia do tratamento com CBD para controle dos sintomas relacionados ao Transtorno do Uso Abusivo de substâncias. No inicio de seu tratamento, o jovem apresentava sintomas como paranoia, delírio, depressão severa e ansiedade social.

O Canabidiol (CBD) foi bem tolerado durante todo o tratamento e o paciente mostrou boa aderência ao tratamento. Depois de 3 semanas, o paciente interrompeu o uso de Sertralina. Não houveram efeitos adversos na frequência cardíaca, pressão sanguínea ou peso. No início do tratamento, o exame de sangue era positivo para THC e, depois de 6 semanas, o exame de urina revelou um resultado praticamente negativo para esta substância.

Além do tratamento com Canabidiol (CBD) e a interrupção do tratamento com antidepressivos, o paciente melhorou os sintomas de depressão assim como os de ansiedade, incluindo algumas fobias e sintomas de paranoia e dissociação.

A melhora do quadro do paciente pode estar relacionada com a inibição da degradação de Anandamida. Além disso, houve melhora nos sintomas de depressão e ansiedade que pode estar relacionada com a interrupção do uso de Cannabis e o aumento nas doses de CBD.

Com base nos resultados que o paciente alcançou, é possível que o CBD auxilie no tratamento e controle de diversos sintomas relacionados ao Transtorno do Uso Abusivo de Substâncias, sendo uma alternativa segura e bem tolerada pelos pacientes que o utilizam.

Referências:

AMARAL, Ricardo Abrantes do; MALBERGIER, André; ANDRADE, Arthur Guerra de. Manejo do paciente com transtornos relacionados ao uso de substância psicoativa na emergência psiquiátrica. Rev. Bras. Psiquiatr.,  São Paulo ,  v. 32, supl. 2, p. S104-S111,  Oct.  2010 .   Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44462010000600007&lng=en&nrm=iso>. access on  13  Nov.  2020.  https://doi.org/10.1590/S1516-44462010000600007

https://www.ufrgs.br/saudemental/abuso-e-dependencia-de-substancias-psicoativas/
Laczkovics, C., Kothgassner, O.D., Felnhofer, A. et al. Cannabidiol treatment in an adolescent with multiple substance abuse, social anxiety and depression. Neuropsychiatr (2020). https://doi.org/10.1007/s40211-020-00334-0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close