A dor neuropática é conhecida por ser um motivo de grande sofrimento para os pacientes. Causada por uma lesão ou disfunção do Sistema Nervoso Periférico ou Central, que acarreta em dores contínuas, alodínea mecâncica, sensação de choque e queimações.

Pacientes com Dor Neuropática, frequentemente apresentam hiperalgesia, em que há uma exacerbação de resposta a estímulos dolorosos. Assim como podem se queixar também de sintomas Disestésicos, em que ocorre um enfraquecimento ou alteração na percepção dos sentidos, e se queixam também de sintomas Parestésicos em que ocorrem sensações cutâneas subjetivas, que ocorrem sem estímulos reais.

Existem dois tipos de Dor Neuropática:

Mononeuropatia – em que ocorre o comprometimento de apenas um trajeto do Sistema Nervoso (apenas um lado da face, perna, braço etc).

Polineuropatia – em que vários trajetos do Sistema Nervoso ficam comprometidos, com isso a dor aparece de forma generalizada (por ex. iniciar, ao mesmo tempo, na coluna, nas pernas e nos braços)

Além disso, a Dor Neuropática pode ser causada por diversos fatores, como:

Diabetes melittus – em que pode ocorrer um processo de degeneração da Bainha de Mielina, que reveste os neurônios, causando a Neuropatia Diabética.

Doenças infecciosas – em que vírus e bactérias podem liberar toxinas que afetam os nervos.

Traumas – podem ocorrer traumas, devido a acidentes ou cirurgias, que lesionam e danificam os nervos, causando dores agudas, que podem se tornar crônicas caso não sejam tratadas corretamente.

Um estudo realizado na Escola de Medicina da Universidade de Missouri, Columbia, buscou avaliar a eficácia do Canabidiol de uso tópico, no controle da Dor Neuropática. Neste estudo, 29 pacientes foram escolhidos para participar deste estudo randomizado. Destes, 15 pacientes foram tratados com o produto à base de Canabidiol, utilizando uma dose de 250 mg, e 14 pacientes utilizaram placebo, durante 4 semanas. A Escala de Dor Neuropática foi aplicada semanalmente, para acompanhar as mudanças significativas que os pacientes estivessem apresentando.

Houveram resultados surpreendentes, uma vez que, os pacientes que utilizaram o Canabidiol de uso tópico relataram uma grande melhora em relação aos pacientes que utilizaram o placebo. Houveram, também, pacientes que relataram a diminuição das sensações de formigamento, sensações de frio e dores agudas.

Com base nos achados clínicos deste estudo, é possível inferir que o Canabidiol possui potencial terapêutico para o tratamento da Dor Neuropática, sendo uma alternativa de tratamento para pacientes que já não conseguem mais encontrar um controle para dor com os tratamentos convencionais.

 

Fontes:

Xu DH, Cullen BD, Tang M, Fang Y. The Effectiveness of Topical Cannabidiol Oil in Symptomatic Relief of Peripheral Neuropathy of the Lower Extremities. Current Pharmaceutical Biotechnology. 2020 ;21(5):390-402. DOI: 10.2174/1389201020666191202111534.

KRAYCHETE, Durval Campos; GOZZANI, Judymara Lauzi; KRAYCHETE, Angiolina Campos. Dor neuropática: aspectos neuroquímicos. Rev. Bras. Anestesiol.,  Campinas ,  v. 58, n. 5, p. 492-505,  Oct.  2008 .   Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-70942008000500008&lng=en&nrm=iso>. access on  15  May  2020.  https://doi.org/10.1590/S0034-70942008000500008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close