Um dos problemas mais comuns, entre jovens e adolescentes, é a acne. Tal condição ocorre pela obstrução dos poros, causada pela oleosidade da pele e células mortas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a acne – popularmente conhecida pelas espinhas e cravos – é resultado de um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos polissebáceos.

Já é de conhecimento geral que o CBD possui um potente efeito anti-inflamatório, o que ajudaria a diminuir o tempo de cicatrização da pele, consequentemente, haveria uma redução de sintomas como a irritação, coceira e dor no local afetado.

Em um estudo publicado pela The Journal of Clinical Investigation, em 2014, demonstrou que o CBD possui um efeito “Lipostático e Antiproliferativo”, além do efeito anti-inflamatório. Este achado indica que o CBD poderia ser utilizado como um agente terapêutico para o tratamento da Acne (em especial, a Acne vulgaris).

Esta pesquisa in-vitro, realizada com sebócitos, demonstrou que o Canabidiol (CBD) exerceu uma “trindade de ações anti-acne” única. O CBD foi capaz de normalizar a Lipogênese, patologicamente induzida por agentes “pró-acne”, de maneira quantitativa e qualitativa. Além disso, ele suprimiu a proliferação celular e impediu as ações de receptores específicos e de agentes “pró-acne”, para elevar o nível de citocinas pró-inflamatórias. Por último, foi demonstrado que o Canabidiol também exerceu seu efeito Sebostático em condições semelhantes à in-vitro.

Neste contexto, os resultados indicam que o Canabidiol possui um efeito significativo para o controle da Acne. No entanto, embora os resultados sejam promissores, são necessários mais estudos clínicos para avaliar a total eficácia do CBD nesta condição que afeta milhares de brasileiros.

 

Referencias:

https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/acne/23/

Oláh A, Tóth BI, Borbíró I, et al. Cannabidiol exerts sebostatic and antiinflammatory effects on human sebocytes. J Clin Invest. 2014;124(9):3713-3724. doi:10.1172/JCI64628

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close