O tratamento da obesidade em crianças ou adolescentes consiste, principalmente, em fazer uma alimentação mais saudável e praticar alguma atividade física diariamente, de forma a que exista um menor número de calorias sendo armazenado, facilitando o processo de emagrecimento.

Porém, quando, mesmo assim, a criança não emagrece com estas alterações na dieta e na atividade física, é importante verificar se existem outras causas envolvidas, como problemas na produção de hormônios, por exemplo. Se após 6 meses de tratamento a criança continuar engordando ou estiver com elevado risco de complicações, como diabetes, o médico pode indicar algum medicamento para ajudar a emagrecer.

Todas estas formas de tratamento são importantes e devem ser avaliadas por um pediatra e nutricionista, em cada caso, de forma a evitar o surgimento de complicações para a saúde como diabetes, pressão alta e, até, infarto ou AVC.

Como garantir a atividade física na criança

Matricular a criança ou o adolescente em aulas como karatê, futebol, jiu-jitsu, natação ou ballet, por exemplo, é muito importante para queimar a gordura acumulada e melhorar o desenvolvimento infantil, criando bons hábitos que devem ser mantidos também na vida adulta.

Se a criança ou adolescente não gostar de nenhuma atividade, pode-se experimentar fazer algum tipo de exercício com ele, como andar de bicicleta, jogar bola ou até mesmo caminhar, para que comece a gostar de se movimentar e então seja mais fácil frequentar uma escolinha de futebol, por exemplo.

Fonte: Tua Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close